grevegeral-2

A Contee e o Sinpro Campinas convocam os professores e professoras do setor privado para a greve geral do dia 30 de junho contra as Reformas Trabalhista e da Previdência e pela saída de Michel Temer do governo. A paralisação nacional foi aprovada no dia 5 de junho pelas centrais sindicais.

A mobilização é crucial neste momento em que, mesmo diante da grave crise política e institucional, com a ilegitimidade do governo Temer cada vez mais escancarada, os ataques aos direitos trabalhistas seguem em atropelo no Congresso Nacional. No dia 13, por exemplo, mesmo depois de horas de debate na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, os governistas não escutaram nenhum dos argumentos em prol dos trabalhadores. O relator Ricardo Ferraço (PSDB-ES) tampouco aceitou aceitou alterações ao texto e recusou as mais de 200 emendas sugeridas na comissão, tudo para acelerar a aprovação e evitar que o projeto tenha que voltar à Câmara.

Por isso, se os parlamentares aliados ao governo fazem ouvidos moucos no Congresso, é preciso parar o País e fazê-los escutar nas ruas. No dia 30, tomaremos as ruas no Brasil para dizer não à reforma trabalhista e não à reforma da Previdência.

Fora Temer! Diretas Já! Nenhum direito a menos!

Fonte: Contee

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *